FLORES: Políticos tentam ocupar vaga de líder do grupo de oposição

No município de Flores, sertão do Pajeú, duas lideranças se revezam para ocupar a vaga de líder da oposição ao prefeito Marconi Santana, deixado pela ex-prefeita Soraya Morioka.

Um dos nomes é o do vereador mais votado no município, Onofre Souza (PR), que ostenta vários mandatos como vereador, mas nunca se arriscou a disputar pela majoritária. O outro nome do grupo é Ivanildo do Fosco (PRTB), que tem “veia política” por conta do pai, e foi candidato a vice-prefeito na chapa de Soraya Morioka em 2016.

O que ambos tem em comum, tanto Onofre, como Ivanildo, é o sonho de um dia ser prefeito do município. Eles sabem que 2020 “passa por dentro” de 2018, estão aproveitando o vácuo deixado pela ex-prefeita Soraya Morioka – que parece estar acompanhando a política no município mais de longe – para se fortalecer para a disputa municipal.

O resultado das urnas nas eleições deste ano pode definir a liderança que mais poderá agregar para o enfrentamento ao prefeito Marconi Santana (PSB), que pode se candidatar a reeleição em 2020.

Todos estão se perguntando quem dará mais votos aos seus candidatos. Onofre apóia Rogério Leão, para Assembléia Estadual, fechando com Sebastião Oliveira para a Câmara Federal. Já Ivanildo está com Augusto César para Deputado Estadual, mas ainda não definiu quem vai apoiar para federal.

Mesmo apoiando Sebastião Oliveira e Rogério Leão, ambos do PR, partido aliado de Paulo Câmara, Onofre Souza já se comprometeu em apoiar a candidatura de Marília Arraes (PT), para o governo do estado. O motivo é que em Flores Paulo recebe o apoio do Prefeito Marconi Santana.

Já Ivanildo deve apoiar o candidato de Augusto César ao governo, que pode ser Armando (PTB), Fernando Bezerra (MDB) ou Mendonça Filho (DEM).

A expectativa é que quem conseguir transferir mais votos nas eleições deste ano, consiga mais apoios internos para a disputa municipal em 2020.

contato@leiamaispe.com.br