FLORESTA: Médico Serra-talhadense acusa prefeitura de não pagar dias trabalhados

O médico Serra-talhadense Lourival Rodrigues, ginecologista e obstetra, que atuou como médico contratado no município de Floresta, sendo desligado há cerca de dois meses, fez um desabafo e acusou a prefeitura de não pagar os últimos dias trabalhados. 

“Até o momento não recebi os últimos 15 dias trabalhados. Parece que há pressa em recolher impostos, há pressa para economizar, há pressa para demitir, mas pagar o que é de direito não está na lista de prioridades”. Disse o médico, lamentando ainda: “É preciso expor a injustiça que a prefeitura de Floresta tem praticado contra minha pessoa”, E continua: “A gestão para a qual trabalhei, o grupo político pelo qual me dediquei por anos, agora me desrespeita, desconsidera meus compromissos financeiros, e não entendo a razão”.

O desabado do médico, Lourival Rodrigues, foi feito pela sua rede social, facebook, nesta segunda feira (30).

 

PUBLICIDADE

O Leia Mais PE vai buscar ouvir o outro lado, para trazer os esclarecimentos a cerca dos fatos.

 

contato@leiamaispe.com.br