ZÉ RAIMUNDO REBATE: “Não dou o direito de ninguém falar por mim”

O vereador Serra-talhadense, Zé Raimundo (PTC), não gostou do que foi escrito nas “Rapidinhas” deste Blog, e após a nota, participou do Programa Sertão Notícias, na Cultura FM, rebatendo a informação de que Duque teria respondido por ele a indagação, se ele já teria se decidido sobre quem apoiar para assembleia legislativa, nas eleições deste ano.

“Primeiro que não dou o direito de ninguém falar por mim” Disse Zé Raimundo, afirmando que o Prefeito Luciano Duque não tem o direito de ficar chateado com ele, se ele decidir fechar com outro candidato que não seja o apoiado por ele.

Zé também falou da sua tristeza: “Por que os outros podem e Zé Raimundo não. Fico triste porque todos podem menos eu. O que é que eu tenho feito de mal?”. Questionou.

O vereador disse ainda que se trata de “fogo amigo” os burburinhos envolvendo seu nome: “A gente sabe que isso é fogo amigo, dentro do próprio governo, mas vou me reservar ao direito de não citar nomes”.

O parlamentar afirmou ainda que ouviu a entrevista do prefeito ao programa, na sexta feira (27), e que apesar dele ter sido “áspero, não iria usar o mesmo tom”.

Sobre o desejo de Luciano Duque, sobre o apoio de do parlamentar  ao deputado Augusto César, Raimundo desabafou: “A obrigação de tornar Augusto Majoritário não é apenas de Duque, mas também do deputado, e nunca fui procurado por Augusto para discutir apoio político para as eleições deste ano”.

Na mesma entrevista Zé Raimundo, admitiu já ter se encontrado e conversado com Rodrigo Novaes (PSD), e espera ter uma conversa definitiva com o prefeito Luciano Duque, para definir seu apoio. Questionado sobre quando iria acontecer o encontro,  cutucou: “Ta faltando o prefeito me receber e marcar”. Disse Zé, lembrando sua fidelidade ao prefeito, quando Duque resolveu apoiar Manoel Santos para a ALEPE em 2014.

PUBLICIDADE

“Quando lá atrás, 4 anos atrás, Luciano tomou a decisão de apoiar Manoel Santos, Zé Raimundo foi o primeiro a dizer que apoiava Manoel Santos, e apoiei a custo zero”. Lembrou Raimundo.

 

contato@leiamais.com.br