FARPAS: Pré candidato a deputado federal, João Campos falou do Tio Antônio e sobre a prima Marília Arraes.

Na sua passagem por Serra Talhada, João Campos (PSB), pré candidato a deputado federal, foi questionado pelo Leia Mais PE sobre as recentes declarações na imprensa, do seu tio Antônio Campos, sobre a influência de Renata Campos dentro do governo Paulo Câmara e do partido socialista brasileiro. João desconversou.

“Olha eu aprendi com o meu pai e não uso espaço de imprensa para falar sobre assuntos familiares, isso ai acho que tem que ser tratado no âmbito desejado”.

João destacou a vida de sua mãe e a importância dela no governo Eduardo, para Pernambuco.

“Só sei que minha mãe é uma pessoa extremamente correta, é uma pessoa séria, meu pai sempre frisava em seus discursos que se ele chegou aonde chegou é porque tinha minha mãe ao lado dele. Na vida ninguém constrói nada sozinho, só constrói se tiver um time, se tiver uma equipe, e minha mãe o ajudou a vida toda. (…) E eu acho que se Pernambuco hoje é o que é isso se deve ao inicio do trabalho que Eduardo fez, e fez isso ao lado de Renata, que tem um sentimento de espírito publico muito forte, muito grande”. Disse.

MARÍLIA ARRAES

Quando perguntado sobre o desejo da prima de concorrer ao governo de Pernambuco pelo PT, João cutucou:

“Eu me lembro de uma história que eu ouvi do Dr. Arraes (avô), que diziam que uma pessoa o procurou, dizendo que queria ser candidato e ai ele perguntou a essa pessoa:

– Você Título?

– Tem!

– Ta filiada a um partido político

-To

PUBLICIDADE

– Então seja candidato!

(…) Então eu acho que a gente vive em uma democracia, e se uma pessoa quer disputar uma eleição tem que construir esse caminho dentro de seu partido, ver se o partido vai aprovar ou não. Eu sei que eu apoio o governador Paulo Câmara, o governador do PSB, o único partido que meu pai (Eduardo Campos) disputou na vida dele, o partido que Dr. Arraes presidiu por mais de dez anos no Brasil e o partido que Dr. Arraes escolheu para travar suas lutas democráticas em favor de Pernambuco”.