MAIO AMARELO: Karla Milene e o Capitão Cristóvão falam das estatísticas e ações da campanha

Nesta segunda feira (07) durante entrevista ao Programa Sertão Notícias, na Cultura FM, a coordenadora da XI GERES, Karla Milene, e o capitão da policia militar, Cristóvão, comandante da Lei Seca no Sertão, falaram com exclusividade sobre a campanha nacional,  Maio Amarelo, de combate a violência no trânsito.

A campanha deste ano concentrará as ações do dia 21 a 25 de maio, nos dez municípios da área de coordenação da XI GERES, e traz como tema: Nós somos o trânsito.

A coordenadora da gerência de saúde lembrou que: “Todos nós somos e devemos fazer o trânsito, o pedestre, o ciclista, o condutor da carroça, o condutor do transporte escolar, todos temos responsabilidades”. 

De acordo com Karla Milene, a campanha terá um mês inteiro de programação, buscando atingir e conscientizar o maior número possível de pessoas.

“Durante todo mês, além das palestras educativas em escolas e instituições, vamos ter caminhadas, passeatas, vamos estar na imprensa, para alcançar mais pessoas, e sensibilizar da importância de compreender, que todos fazem parte do trânsito”.

Com o trabalho realizado o ano inteiro e com a intensificação da campanha Maio Amarelo, já foi possível baixar o índice de acidentes na região, afirmou Karla.

“Em 2009 a secretaria de saúde começou a monitorar nos hospitais, as estatísticas dos acidentes e óbitos no trânsito, a nossa média no Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães (HOSPAM), era 200 acidentes por mês. Em 2017 a média caiu para 143 acidentes por mês. E nesse primeiro quadrimestre de 2018, nós estamos numa média de 138 acidentes mensais, o que significa uma queda ainda maior”. Destacou.

Segundo a GERES a maioria dos acidentes de trânsito e das entradas no (HOSPAM), são provocados por, “Pessoas não habilitadas, seguidos do excesso de velocidade e do abuso do álcool”.

Karla Milene ressaltou a importância de intensificar ações em cidades da região.

“Nós temos que fazer um trabalho mais efetivo, nos municípios de Calumbi, Betânia, Triunfo, Flores e São José do Belmonte, porque as rodovias com boas condições de trafegabilidade, como por exemplo, a PE 320, o pessoal acaba se excedendo na velocidade, fazendo ultrapassagens em locais não devidos, e com os animais na pista a coisa fica mais complicada”.

O trabalho realizado no Maio amarelo, não envolve apenas a GERES, mas diversos parceiros, a exemplo da Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiro Militar, Polícia Militar, Agentes da STTRANS e Operação Lei Seca no sertão.

LEI SECA

O Capitão da polícia militar, Cristovão, que é comandante da Operação Lei Seca no sertão, com atuação de Arcoverde a Petrolina, falou da importância do trabalho educativo que é feito nas escolas com os jovens.

PUBLICIDADE

“Uma das vertentes fundamentais é a da educação, e a gente investe nessa geração mais nova, formando patrulheiros mirins, que quando estiverem com 18 anos, em condição de tirar a habilitação, tenham consciência”. Disse Cristovão.

O comandante também destacou que “Em cada uma das geres, existem os parceiros do CRPAM, e nesses conselhos existem vários membros da sociedade. Porque não adianta só um trabalhar, tem que ter todos os parceiros integrados, para que tenhamos melhores resultados.”.