SINTONIA: Marília Arraes e Júlio Lóssio cada vez mais próximos

DO BLOG DA FOLHA

A boa relação pessoal abriu as portas para o diálogo entre a vereadora Marília Arraes (PT) e o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (Rede). Ontem, em entrevista à Rádio CBN, as lideranças mostraram sintonia. A petista disse que seria uma honra contar com o ex-gestor na sua chapa, enquanto Lóssio disse que é preciso “encontrar convergências”.

O discurso afinado só tem um porém: a resistência dos partidos das lideranças. Uma ala do PT resiste em apoiar Arraes e a Rede possui laços com o PSB e o governador Paulo Câmara (PSB). Em relação à última alternativa, Lóssio é taxativo: “se rede definir aliança com PSB, não estarei nessa aliança”.

O mesmo tom é adotado por Marília, que enfrenta uma tentativa de uma ala petista de emplacar a adesão à Frente Popular e enterrar seus planos majoritários. “Não trabalho com plano b (a sua candidatura ao Governo do Estado) porque dá a impressão que estamos jogando a toalha”, afirmou.

Em um aceno, a vereadora fez elogios a Lóssio. “Me sentiria honrada em ter Júlio Lóssio em nossa chapa. Ele fez uma gestão maravilhosa em Petrolina, tem muito a contribuir. Seria bom poder contar com ele na chapa.”

Por conta da proximidade da Rede com o Governo do Estado, a candidatura de Lóssio foi vista como uma forma de tirar votos da candidatura do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) no Sertão. O ex-prefeito, contudo, evita encarar o papel. “Se tem um candidato que nunca esteve com o PSB, fui eu.”