Secretário de Cultura quer criar Patrimônio Histórico, Cultural e Imaterial de ST

O secretário de cultura do município de Serra Talhada, Anildomar Willians (Domar), revelou durante entrevista a rádio Vila Bela, no fim de semana, que enviará a câmara de vereadores de Serra Talhada, um projeto para catalogar o Patrimônio Histórico do Município.

“Nós estamos enviando agora um projeto para a câmara de vereadores, para a gente já começar a fazer os registros do Patrimônio Histórico, Cultural e Imaterial de Serra Talhada. Trabalhar os tombamentos. Nós temos ainda algumas residências que resistem ao tempo e elas precisam ser tombadas”. Disse Domar. Afirmando.

“Nós temos muitas capelas, igrejas, a começar da igreja do Rosário no centro da cidade, que foi construída por mãos escravas, e temos várias capelas nos distritos e na zona rural de Serra Talhada”.

Domar revelou ainda durante a entrevista que já tem um levantamento básico, sobre isso (catálogo do patrimônio), “Mas que precisa ir para câmara, precisa se criar a lei, para que tudo isso seja sobre tudo protegido”.

De acordo com secretário, também foi solicitado à câmara de vereadores – para acervo na Casa da Cultura – a entrega dos nomes e biografias de todos os patronos de ruas da cidade, já que ao ser apresentada a lei que homenageia determinada pessoa, se faz necessário a entrega de sua biografia.

POLO CULTURA VIVA – FESTA DE SETEMBRO.

Durante a entrevista Anildomar revelou que já tem a verba para o palco Cultura Viva, no pólo cultural, da festa da Padroeira Nossa Senhora da Penha e que deseja fazer um edital para o evento.

“Nós já conseguimos um recurso através de uma emenda parlamentar para o Palco Cultura Viva, aqui da praça, nossa intenção é fazer um edital, se abre uma convocatória para que a gente abra essa programação.