Salgueiro: Clebel confirma fim de convênio para o transporte da rede estadual: “Cada um cuide do seu”

Acompanhado de secretários, diretores, diversos vereadores e do vice, Dr. Chico, o prefeito de Salgueiro, Clebel Cordeiro, concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, 9, no Centro Vocacional Tecnológico (CVT). Ao abrir espaço para os repórteres indagarem, o prefeito foi perguntado inicialmente sobre o transporte dos alunos da rede estadual e disse que só tem obrigação de assumir serviço do Governo do Estado se a contrapartida for compatível com o trabalho. “Tenho obrigação de transportar o aluno do Governo do Estado se ele me pagar o valor correto que o município banca”, afirmou.

Clebel confirmou o fim do convênio com o Governo do Estado, celebrado em 2015 pelo então prefeito Marcones Libório e concluído em 2017. A Secretaria Estadual de Educação até tentou renovar a parceria este ano, mas Clebel não quis alegando que o custo é muito alto para a prefeitura e a contrapartida aquém do esperado. “Como sou gestor, como aprendi que tem que ver os custos, benefícios e os prejuízos para o município, que ocorreu nesse período de 2015 a 2017, tomei a decisão de não aceitar. Informei ao secretário que não tinha intenção de renovar no dia 1° de janeiro”, disse.

Com pauta livre, Clebel respondeu outros questionamentos e mais uma vez alegou que está encontrando dificuldades financeiras para administrar o município. Ele citou uma série de dívidas que está pagando, a exemplo de uma conta de energia no valor de R$ 500 mil, que foi parcelada. Sobre ações em prol da população, foi veiculado um vídeo produzido pela equipe de comunicação com o que foi executado até agora pelo governo em todas as secretarias. O vídeo evidenciou que nenhuma obra está em desenvolvimento atualmente em Salgueiro. Durante a entrevista, Clebel também fez algumas críticas ao governo passado e afirmou que não concederá entrevistas gravadas para os veículos de imprensa salgueirenses.