Mulher denuncia ter sido mal atendida no Hospital Veterinário e cobra providências

Na manhã desta quinta-feira (28) participando do programa Foi Muído, na Cultura FM, uma ouvinte identificada apenas como Luciana, participou ao vivo do programa denunciando ter sido mal atendida no hospital veterinário de Serra Talhada, Sertão do Pajeú.

De acordo com Luciana, ela procurou a unidade de saúde animal, a primeira instalada em Pernambuco, e foi mal atendida pelos funcionários.

“Gostaria que as autoridades responsáveis pelo hospital veterinário se pronunciassem quanto ao atendimento no hospital, pois hoje eu estive lá com o meu cachorro, fui muito mal atendida pelos funcionários de lá, que mal abrem a boca, que sentados estão, sentados ficam, se você quiser uma informação tem que bajular. O atendimento lá é assim”. Denunciou.

Ainda de acordo com a denuncia, o hospital está sem médico veterinário.

A denuncia não ficou sem resposta, durante o programa a ouvinte Dany Souza, voluntária na ONG 4 Patas, que cuida de animais abandonados, participou do programa informando que o médico veterinário está de licença.

“Realmente o profissional está de licença para visitar a família, e os animais, gatos e cachorros tem pessoa responsável para cuidar deles, a auxiliar do médico veterinário, em casos de urgência Dr. Orestes está pronto para suprir qualquer necessidade”.

A reportagem do Leia Mais PE conversou com o secretário executivo de saúde, Aron Lourenço, que confirmou a informação da voluntária da ONG 4 patas, Dani Souza.

“Realmente o médico Dr. José Jackson está de licença. Ele tem três anos sem férias e precisando visitar a família, mas entendendo nossas dificuldades para contratar outro profissional, resolveu tirar licença de dez dias, mas tem profissional para o primeiro atendimento lá no hospital e um médico veterinário de sobre aviso”. disse Lourenço.

Sobre o mal atendimento dos funcionários do hospital, o secretário afirmou que vai apurar a denuncia.