Zé Pereira se desfilia do PT após o partido negar candidatura de Marília Arraes

Foto: Junior Campos

O secretário de agricultura de Serra Talhada, Zé Pereira, militante histórico do partido dos trabalhadores (PT), que já foi vereador e presidente do PT em Serra Talhada, já entregou sua carta de desfiliação do partido, ao presidente do partido, Junior Moraes. Por conta da retirada da candidatura ao governo do estado de Marília Arraes.

“Sempre tive o partido dos trabalhadores como a minha família, porque o PT sempre foi democrático, compreensível e sempre seguiu seu regimento (…). Sempre respeitando a decisão da maioria dos seus delegados”. Diz trechos da carta de desfiliação de Zé Pereira.

Em outro trecho o secretário afirma que o partido segue uma minoria que defende apenas seus interesses. E lamentou o partido não respeitar o resultado da última votação.

“Quando vejo uma votação de 230 votos, perder para 20 votos, como na votação do ultimo dia 02 de agosto, tirando o direito de uma candidatura própria do partido, para se aliar a um golpista, eu José Pereira de Souza, solicito que seja retirado meu nome da lista de filiado ao partido dos trabalhadores”. Finalizou Zé Pereira.

Perguntar não ofende

Quantos petistas que se dizem insatisfeitos com o que consideram golpe contra Marília Arraes, vão deixar o partido? Existe outra forma de mostrar que o PT se equivocou ficando no partido?

E a própria Marília Arraes vai deixar o PT?